Siga-nos

Brasil

Cofen abre vagas para cursos gratuitos de atualização em Covid-19

São 300 mil vagas para os profissionais de Enfermagem. Certificado válido em todo território nacional.

Publicado

em

Cofen e UFSC abrem vagas para cursos gratuitos de atualização em Covid-19

O Conselho Federal de Enfermagem, em parceira com o Universidade Federal de Santa Catarina está oferecendo para os profissionais de enfermagem três cursos totalmente gratuitos e com certificação, de atualização em enfermagem com foco em biossegurança e assistência ao paciente crítico no contexto da Covid-19, no formato a distância (EAD).

O objetivo dos cursos é capacitar os profissionais de Enfermagem para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, bem como para os cuidados intensivos a pacientes críticos da doença. Os cursos gratuitos ofertados são:

Curso 1: Curso de medidas de biossegurança atualizadas para enfrentamento da Covid-19 – nível superior e médio

Curso 2: Curso de atualização para enfermeiros em cuidados intensivos a pacientes críticos com Covid-19;

Curso 3: Curso de atualização para técnicos de enfermagem em cuidados intensivos a pacientes críticos com Covid-19

Cada curso tem a carga horária de 40 horas e será realizado por meio da plataforma EaD – Moodle da UFSC. Faça sua inscrição através do site “Atualiza Enfermagem Covid-19“.

Estrutura do curso

A estrutura dos cursos foi pensada de forma a apresentar os conteúdos pertinentes para a capacitação de profissionais de Enfermagem. Nessa proposta metodológica, o cursista será o principal agente do seu processo de aprendizagem. Assim, você terá à sua disposição um material didático desenvolvido por conteudistas com experiência em Terapia Intensiva e em Saúde que apresentarão as informações necessárias para que você esteja preparado para atuar no enfrentamento que o momento exige. Além disso, você contará com o auxílio de tutores e monitores que o acompanharão durante todo o curso.

Certificado

Os alunos que concluírem os cursos com o desempenho requerido para a certificação receberão um certificado de extensão universitária, emitido pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com validade em todo o território nacional.

Este certificado é eletrônico e possui uma assinatura digital com uma chave de validação que garante sua autenticidade e permite a impressão do documento pelo próprio aluno a partir do acesso à web.

O certificado estará disponível após atendido os requisitos de carga horária e nota de aprovação estabelecidos.

Publicidade Clique aqui
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Profissionais de saúde do DF receberão 40% de adicional insalubridade

Publicado

em

Profissionais de saúde do DF receberão 40% de adicional insalubridade

Os profissionais das redes pública e privada de saúde do Distrito Federal receberão adicional de insalubridade em grau máximo enquanto durar a pandemia do novo coronavírus.

A medida é uma das determinações de uma lei promulgada nesta quinta-feira (4/6) no Diário Oficial do DF. A lei nº 6.589/2020, de autoria do deputado Rodrigo Delmasso (Republicanos), também estabelece medidas que poderão ser adotadas para combater o coronavírus, como a realização compulsória de exames médicos e testes laboratoriais em pessoas diagnosticadas com a doença e o fechamento de rodovias e aeroportos do DF. 

O texto tinha sido vetado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), mas distritais derrubaram o veto. O artigo que prevê o grau máximo de adicional de insalubridade para os trabalhadores da Saúde foi incluído por emenda do distrital Jorge Vianna (Podemos). Agora, profissionais da rede pública devem receber 20% a mais com base em cada vencimento e os da rede privada, pelo regime da CLT, 40% com base no salário mínimo. 

A lei determina que a medida dure no período de emergência da saúde no DF, pois os trabalhadores da área ficam mais expostos por ter contato direto com infectados. 

Fonte: Federação da Saúde

Clique para ler

Brasil

Projeto de Lei propõe piso salarial nacional e jornada de 30h para a Enfermagem

Publicado

em

Projeto de Lei propõe piso salarial nacional e jornada de 30h para a Enfermagem

O PL propõe um piso salarial nacional para de R$ 6.000,00 (seis mil reais) mensais para enfermeiros graduados. Para técnicos de Enfermagem, piso proposto é de 70% do valor e para auxiliares de Enfermagem e parteiras, de 50%. O piso será aplicado sobre a jornada de trabalho semanal de 30 horas.

Drogas Vasoativas. Clique aqui

“Com mais de 2,3 milhões de profissionais registrados, a Enfermagem representa a maior categoria de Saúde brasileira e está na linha de frente do combate à pandemia de covid-19. Já passa da hora de romper a inércia do Congresso Nacional e valorizar aqueles que, literalmente, dão suas vidas para fazer funcionar o sistema de Saúde”, afirma o conselheiro federal Gilney Guerra.

O piso salarial nacional e a regulamentação da jornada de trabalho, já estabelecida para outros profissionais de Saúde, é uma reivindicação histórica dos profissionais de Enfermagem. O PL das 30h, apoiado pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e entidades representativas da profissão, alcançou a maioridade sem ir à votação, à despeito dos pareceres favoráveis de todas as comissões, em 2009.

COVID-19 – A proteção aos profissionais de Saúde durante a pandemia de covid-19 também é objeto de Projetos de Lei. A Câmara aprovou programa de apoio aos profissionais que atuam diretamente no combate à doença. Na terça-feira (26/5), o deputado Silas Câmara (Republicanos-AM) apresentou o Projeto de Lei 2901/2020, que amplia a proteção, garantindo estabilidade acidentária por até 12 meses após o retorno ao trabalho, adicional de insalubridade de 50% e o direito de transferência, sem prejuízo da remuneração, dos profissionais integrantes do grupo de risco.

Fonte: Ascom – Cofen

Clique para ler
Publicidade Cálculo de Medicamentos. Clique aqui

Curta nossa fanpage

Copyright © 2020 Enfermagem Hoje - Todo conteúdo do site pode ser reproduzido, desde que citada a fonte. Contato enfermagemhojeblog@gmail.com